The Ecology of Teaching & Learning (Science) [PDF]

A Ecologia do Ensino e da Aprendizagem da Ciência

revistamultidisciplinar.com • Volume 1 Issue 1, May 2019, pages 5-16 | DOI: https://doi.org/10.23882/MJ1905

Angus McMurtry, University of Ottawa, Canada (angus.mcmurtry@uottawa.ca)
Giuliano Reis ORCID ID University of Ottawa, Canada (giuliano.reis@uottawa.ca)

 

 

Abstract: The present position paper articulates insights of complexity science, a progressive approach to understanding living systems that is compatible with critical perspectives on teaching and learning. Drawing from examples of an outdoor activity in a teacher education science methods course, we argue that complexity science offers an ecological perspective on education itself. That is, learning and teaching are understood as nurturing students to adaptively reorganize their belief systems to adjust to larger biological, social and cultural practices that are themselves constantly evolving. The infusion of complexity theory into education – and the associated development of a wider appreciation for the intricate nature of teaching and learning processes – not only makes it more likely for teachers and students to be able to interact effectively with(in) the world in multileveled and relational ways, but it also empowers (provokes) them to act upon current global socio-ecological problems in more just and sustainable ways.

Palavras-Chave: ecology of teaching and learning, complexity science, science education, teacher education, food education.

 

Resumo: O presente artigo articula uma perspectiva ecológica sobre os processos de ensino e aprendizagem (em ciências) baseada em elementos da ciência da complexidade. A partir de exemplos de uma atividade ao ar livre num curso de ciências para a formação inicial de professores (licenciatura), argumentamos que ensinar é uma forma de encorajar os estudantes a reorganizar os seus sistemas de crenças para se ajustarem a práticas biológicas, sociais e culturais, que estão em constante evolução. A infusão da teoria da complexidade na educação (científica), bem como o desenvolvimento de uma apreciação mais ampla da natureza dos processos de ensino e aprendizagem, não apenas torna possível que professores e alunos possam interagir efetivamente com/no mundo, mas também os capacita (provoca) a agir de maneira mais justa e sustentável em relação aos atuais problemas sócio-ecológicos globais.

Keywords: ecologia do ensino e aprendizagem, ciência da complexidade, educação cientifica, formação inicial de professores (licenciatura), educação alimentar.

revistamultidisciplinar.com


Follow us on...


(+351) 289 800 126 | ESEC Universidade do Algarve | Campus da Penha | 8005-139 Faro | Portugal