Comissão de Autoavaliação: valorização e participação dos docentes de educação básica e secundária [PDF]

Self-evaluation committee: appreciation and participation of teachers

revistamultidisciplinar.com • Volume 1 Issue 2, November 2019, pages 131-142 | DOI: https://doi.org/10.23882/MJ1913

Milene Martins ORCID ID Universidade do Algarve, Portugal (milene.martins@gmail.com)
Rute Rocha ORCID ID Universidade do Algarve, Portugal (rcrocha@ualg.pt)
Teresa Vitorino ORCID ID Universidade do Algarve, Portugal (tvitorin@ualg.pt)

 

 

Resumo: Este artigo apresenta as primeiras conclusões de um estudo no âmbito do mestrado em Gestão e Administração Escolar com o título “Autoavaliação. Qual a importância que lhe é dada? – Um estudo de caso”. Este estudo tem como objetivo determinar se o trabalho da Comissão de Autoavaliação é reconhecido e valorizado pelo pessoal docente. A investigação apresenta uma abordagem mista tendo-se recorrido a uma análise quantitativa dos questionários e ao método fenomenológico de Colaizzi para analisar as transcrições das entrevistas realizadas aos participantes do estudo. A literatura corrobora o principal motivo apresentado pelos docentes para justificar a sua indisponibilidade para integrar a Comissão de Autoavaliação. Não se encontrou literatura que fundamente a valorização do processo de autoavaliação por parte dos docentes nem a valorização das equipas que procedem à autoavaliação das escolas.

Palavras-Chave: autoavaliação de escolas, escola, estudo de caso, participação, valorização

 

Abstract: This article shows the first conclusions of a master’s degree study in Management and School Administration called “Self-Evaluation. What is its given importance? – A case study”. The goal of this study is to find out if the Self-Evaluation Committee’s work is recognized and valued by the teaching staff. The research presents a combined approach and we used the phenomenological method of Colaizzi to analyze the transcripts of the interviews and quantitative to analyze the questionnaires applied to the participants of this study. The literature corroborates the main reason presented by the teachers to justify their unavailability to join the Self-Evaluation Committee. No literature was found that substantiate the evaluation of the process of self-evaluation by the teachers nor the valuation of the teams that carry out the self-evaluation of the schools.

Keywords: case study, participation, valuation, school self-evaluation, school

revistamultidisciplinar.com


Follow us on...


(+351) 289 800 126 | Universidade do Algarve | Campus da Penha | 8005-139 Faro | Portugal